o eunuco

há muito que não te vejo
nem silêncio enrustido
nem prévia de beijo
nem tédio entretido
nem roto desejo

queria saber
se mudou
de religião
se viajou
para o inferno
se aprendeu
latim
se esqueceu
de fato
de mim

queria saber
se encontrou
o amor
além
do
cinismo
se descobriu
algo mais
intenso
que o meu
escapismo

por fim
antes
do mar
me levar
para perto
das pedras
pontiagudas
da solidão
só queria
saber
o que
não
se diz

onde
diabos
te perdi
nas marés
de dias
imperfeitos
e-mails
em solilóquio
e pequenos
apelidos
infantis



4 comentários sobre “o eunuco

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s