platônico recursivo

te amo
mas me
mantenho
seguramente
distante
e
impotente

sou fogo
que arde
sem te
ver

sou inverno
polar
que não
tem
amanhecer

o coito
interrompido
pós
vasectomia

quem só
tem o amor
estéreo
da
poesia

Um comentário em “platônico recursivo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s