camuflagem

não importa
mais
ter
argumento
ser
homônimo
pseudônimo
ou
ser
escrito
pelo
vento

não quero
endireitar
tuas
caligráficas
curvas
ou verter
teus pensamentos
às minhas proposições
sofismas
e
epifanias
alhures

quero
a
paz
de quem
passa
sem
ser
notado
de quem
não tem
flores
nem
caixão
fechado

quero
a
importância
de um
desdém
cafeinado
mais
aconchegante
do que
de fato
lembrado

Um comentário em “camuflagem

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s