a ciência da covardia

olho
por alguns minutos
covarde
e
aflitamente
seu último
parágrafo

pergunto
se você
chegou
a me amar
fora
dos versos
e versículos
fora
dos termos
satânicos
e
bíblicos
fora
dos
argumentos
empíricos
da sua
personalidade
tóxica
suicida

eu te criei
como uma
incógnita
em
mim

e quando
escoem
as
interrogações
e as
falácias
já estou
só
e
sem
perdão
que fale
a sua língua
taciturna

5 comentários em “a ciência da covardia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s