transmutação

percebo
o placebo
desafetos
dos dejetos
do meu ego
não me cego
recebo o recado
fico incomodado
concebo com avidez
ruborizo a minha tez
e posso partir liberto
do pesadelo desperto
no lugar mais desejado
onde de fato é meu fado

Publicado por Luk Ank

lukank.com@gmail.com

Um comentário em “transmutação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: