um tipo de tristeza

jaz
o tempo
mas o que
importa
no fundo
é que
jazz
Miles Davis

@luk_ank

Publicado por Luk Ank

lukank.com@gmail.com

3 comentários em “um tipo de tristeza

  1. Todo o jazz que jaz é menos jacente e mais presente. E tem Miles, o Davis, o cavalheiro que um dia me presenteou com o seu “Pinocchio” (era, foi, em idos tempos, quando eu convivia com mamutes e megatérios). Gostei do poema, me lembrou e. e. cummings e seu “Solitude”.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: