eigengrau doppelganger

fecho os olhos
busco o preto absoluto
mas só existe
eigengrau

fecho os olhos
admiro o meu luto
é necessário
fulgural

não são raios
artificiais
benflogin

é energia
potencial
que restou
em mim

tanto que idealizo
que torno minha
sua identidade
manipulo
anulando
a fidedigna
personalidade

é verso
ao invés
de verdade
é pijama
de terno
vaidade

me despeço
deste cinza
intrínseco
das minhas
criações
platônicas
desses amores
superestimados
desses sonhos
putrefatos

adeus
doppelganger
do meu
desejo
seu lirismo
afeta
minha verdadeira
vontade
gozar com você
agora é
insanidade

Publicado por Luk Ank

lukank.com@gmail.com

Um comentário em “eigengrau doppelganger

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: