a cota do silêncio

preparo comida
pra dois
como sozinho

não há torpor
que me baste
dispenso
o vinho

tento
recordar
o cheiro
pré-apocalíptico
da humanidade

percebo que
o medo
da sua presença
é saudade

a pia está sempre
limpa
as baratas morrem
perto dos ralos
os remédios
militarmente
energizados
e o silêncio
em telas de LCD
faz deserto
por todos
os lados

2 comentários em “a cota do silêncio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s