XII – o pendurado

após
fazer a forca
com teu nome
tive medo
perdi a
fome

mas meus erros
só são erros
se ainda vivo
com a cabeça
na guilhotina
mesmo quando todos
já foram embora

nosso lugar
está reservado
em um canto
lúgubre
da história

sabedoria
é estar
em uma condição
adversa
e saber esperar
não agir
não piorar
não substituir

se o mundo
está ao contrário
perdido
adversário
meu caminho
se revela
de ponta-cabeça

não tenho
pressa
leve o tempo
que for
para que eu
desça
e
aconteça

Publicado por Luk Ank

lukank.com@gmail.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: